sexta-feira, outubro 31, 2008

Estamos de Tanga a apertar o Cinto?

Mas continua a haver tetas para os amigos do costume. O Capitalismo não morreu, está apenas em fase de "stand by". Fechamos maternidades, Hospitais, função pública estrangulada, etç, etç, etç. Os amigos do PÊYES ainda vão dizer que o ordenado mínimo nos 450€ é uma benesse deste governo de esquerda.

DASS....


Eles Andem Aí

Em tempos idos o Arre Macho ficou solidário com o Jumento quando tentaram (e fizeram-no) boicotar o blog em causa. Este post que se segue demonstra que a preocupação da nossa liberdade de expressão e pensamento tem razão de ser, pois... Eles Andem Aí!!! e não gostam que as verdades sejam transmitidas, apenas gostam de omitir e deixar na ignorância o Zé.
Via Democracia em Portugal?:



O Jumento chegou à Interpol
A Polícia Judiciária pediu ao gabinete nacional da Interpol que tentasse saber junto da sua congénere nos Estados Unidos da América (EUA) quem é, ou quem são, os autores do Jumento, um blogue que se dedica essencialmente a relatar alegados acontecimentos ocorridos no interior da Direcção-Geral dos Impostos (DGCI).
A intervenção da Judiciária no processo decorre de uma queixa do anterior director-geral dos Impostos, Paulo Moita Macedo. O inquérito procurava detectar os autores de alegadas fugas de informação da DGCI e dele consta uma exposição enviada a Paulo Macedo em Outubro de 2005 pelo director distrital de Finanças de Lisboa. Nessa informação, o director distrital de Finanças queixava-se que os textos publicados no Jumento eram difamatórios e passíveis de denegrir a imagem dos funcionários da administração fiscal.
Em Novembro de 2005, a Polícia Judiciária pediu ao director do gabinete nacional da Interpol que efectuasse diligências junto da sua congénere nos Estados Unidos, já que o referido blogue era administrado por uma empresa com sede em Portland. O pedido enviado para Washington tinha por objectivo determinar quem era o autor do blogue ou apurar os registos de identidade que permitissem identificar o seu autor.
A resposta das autoridades norte-americanas chegou em Março de 2006, mas não foi positiva, uma vez que a legislação norte-americana protege as informações respeitantes a registos de transmissões electrónicas, ou seja, seria necessário um pedido formal dirigido aos EUA nos termos do tratado de assistência mútua.
Perante estes factos e depois de ter visionado o blogue durante algum tempo, o Departamento de Investigação e Acção Penal de Lisboa concluiu que nada foi encontrado que consubstanciasse violação do dever do segredo dos funcionários e, como tal, arquivou a queixa.

Jornal Público de 27.10.08

COMENTÁRIO: Alguém já anda à rasca!!! Já não conseguem controlar TUDO. Há quem ainda consiga falar livremente. Alguns blogs já foram processados. Em vão. Interpol??? Andam muito preocupados com as ideias de alguns "vulgares" cidadãos. Ainda bem.

quinta-feira, outubro 30, 2008

terça-feira, outubro 28, 2008

Cartaz BRR Rocks 2008

O Barreiro Rocks já se encontra em marcha para mais uma edição.
A festa de lançamento do Festival deste ano, será no Music Box em Lisboa, dia 7 de Novembro com os Act-Ups e com [D-66].

A saber, o passe para os dois dias do Festival são 20€ e para um dia apenas, são 15€.


BRR Rocks 2008

segunda-feira, outubro 27, 2008

Deslumbrados pelo Capital

consideram demagógicas as posições que referem existir dinheiro para os Bancos e não para salários e pensões. Argumentam eles que os Bancos ao accionarem as garantias só darão problemas se algum não pagar o empréstimo contraído, hipótese em que Estado também não perde pois entrará no capital do Banco com poderes especiais, dizem eles, pelo que haverá uma simples troca de activos, por outro outro lado o Estado é remunerado por estas garantias.
.
Consideram ainda que a decisão dos Governos neste sentido veio permitir um bem inestimável, pois não só garantirá o crédito às empresas e pessoas como impedirá a recessão.
.
Se isto fosse mesmo assim, as poderosas instituições Bancárias e outras instituições supranacionais ditas de regulação, já saberiam quantificar a dimensão, o valor das verbas para garantia a disponibilizar - ao invés o que se observa são injecções diárias e maiores incertezas, exactamente nas maiores economias ocidentais.
.
É evidente que virar do avêsso numa assentada o actual sistema, é impensável, mas aceitar tais inevitabilidades como coisa imutável com a gravidade de não discernir soluções para a bronca que decorre, é que é uma clamorosa irresponsabilidade, aliás própria de quem corra para baixo corra para cima, do alto do bembom da vida em que se encontra tanto faz.
- Os outros que se lixem!

Distante mas próximo...

Sobre o PDM, só me entristece o facto de continuarem a acusar os Comunistas como responsáveis por aquilo. É que neste caso o ideário Comunista não aceita ... daquela, facto que naturalmente me coloca a subscrever o que o Srº Raminhos, Vereador eleito pelo BE, disse e escreveu.

Procuro desenrascar-me...

É que no Inginheiro não acredito, o Cavaco ainda não disse nada, o Constâncio anda comedido e os cronistas Vitorino, Pacheco e Rebelo só alarvam trêtas, vai daí já conversei com uma pessoa amiga que se dispôs a emprestar-me parte do seu quintal. Vou fazer uma horta que a somar com uma velha banheira que é do meu pai que permite ir à pesca.
Começo a ficar desenrascado e que granda fartura...

domingo, outubro 26, 2008

Eu não estou de acordo...

é só o que me faltava ter de aguentar com salafrários, bandalhos e batoteiros a usarem o meu dinheiro, nas minhas costas, as minhas poupanças para a velhice no jogo, no bingo ou na bolsa ou lá no que é... não fizeram por menos, em poucos meses já lá foram 200 milhões.

Li hoje no jornal...

Que na região norte do país existem 380 mil pessoas sem médico de familia, calculo que é mais uma meta do governo como aquela dos 150000 empregos que não vai ser atingida. Mas como eu não percebo nada disto, só atiro umas bazófias para o ar. Fiz contas e descobri que os 20 mil milhões de euros concedidos "por empréstimo aos bancos" correspondem a nem mais nem menos que a 11% do PIB, como não percebo nada disto faz-me confusão de como é que de repente apareceu tanto dinheiro. Para a saúde não, mas para aquela inevitabilidade de só ajudando os ricos se ajudam os pobres, o dinheiro apareceu. Também só agora comecei a entender porque é que o PS poupou o Constâncio e os 7 administradores do BCP...
.
Resta-me ser imaginativo, resignando-me à ideia de que só serei bom cidadão se compreender que os ricos é que vão libertar-me das dificuldades .
.
"No meu país ninguém pede esmola, é que não existe a quem pedir, não existe um único rico." Criatividade e imaginação, é desta que os ministros gostam.

Coisas da Crise cá na Moita...

Consta que a 2ª fase de melhoramentos do Parque Municipal vai ser adiada, pois surgiu um grupo de cidadãos que em consequência da crise pretendem ali desenvolver actividade agricola de subsistência. Os terrenos são bons e vedados e a água está garantida pela presença de dois grandes charcos.
.
A paisagem vai ficar alterada pela presença de nabos e nabiças, couves e repôlhos. -Vai ser bonito de ver.

(...)

Organização Internacional do Trabalho
Em estatística apurada em 2007 a nível gobal indicou a existência de 190 milhões de desempregados, 1,3 mil milhões de trabalhadores pobres, dos quais 487 milhões em extrema pobreza. Nos últimos 10 anos o número de desempregados cresceu em 35 milhões. Em recente avaliação e pela actual conjuntura a situação irá agravar-se, pois a violência das crises do capitalismo irão gerar até 2009 mais 20 milhões de desempregados, e os trabalhadores que vivem com menos de 1 e 2 dólares por dia, aumentem para mais de 40 e 100 milhões respectivamente.
.
Os objectivos globais da ONU traçados com metas até 20015, não serão alcançados. Os responsáveis por isto não vivem neste Planeta, pois por um observatório no Chile alguns cientistas desconfiam que os responsáveis estão a viver no bem bom numa lua de Saturno, porventura num condomínio fechado.

Nos Açores

O PS teve a maioria absoluta, obviamente ninguém entrou no excesso de comparações a nível nacional, exceptuando Sócrates na mobilização dos seus para o patamar das vitórias. Isto contrastando com o que seria se o PS tivesse perdido.
.
O que é estranho e lamentável, é nenhum eleito incluindo o Presidente da República nas habituais saudações ao evento democrático, não se referirem à elevada abstenção e aqui sim, necessáriamente fazer comparações a nível nacional.
.
Embora com curvas, o gráfico contínua a descer e as sondagens apesar da crise não indicam melhorias. Embora a situação se possa alterar com efeitos nos próximos actos eleitorais, é preocupante o aumento do número daqueles que nem sequer se recenceiam, e por estranho que pareça ninguém mexe uma palha em relação ao assunto.
.
Não sou defensor do "voto de arreata", mas não observar a qualquer esforço, pedagógico ou outro por parte das Instituições em relação ao direito e dever de votar, cheira a gato escondido com o rabo de fora, pois deixar andar pode muito bem servir os que só "gostam da democracia", quando ela ajeita e garante os seus interesses de classe. E estes porque bem instalados, são sempre os mais poderosos.

Onde é que eles se meteram?

Os Teóricos, pensadores, cronistas e demais beatos do Stº Deus Mercado, não têm aparecido e quando raramente aparecem não apontam caminho nem explicam nada com trambêlho que o cidadão comum entenda.
Por cá, resta-nos alguns eleitos - a Srª Ferreira Leite está contra os grandes investimentos públicos, variando de semana para semana os "factos" em que sustenta as suas teses, num indisfarçado esforço para descortinar uma nêsga que diferencie o PSD do PS; o Sócrates canta de Galo com aquela mania de que "o sol só nasce quando ele canta", até veio explicar que a actual crise internacional vai impedir a criação dos famigerados 150000 empregos, isto que sem as contas que antes divulgou só aumenta a confusão, ou seja a aldrabíce.
.
Eu não os percebo, mas eles é que mandam, e o que sei é que por cá durante anos abandalharam os principais sectores produtivos, do pouco que se vende muito é para Espanha e Alemanha - e se isto se engatar?...

sexta-feira, outubro 24, 2008

Outono do Amor

Eis pois a hora do adeus. É triste o fim do Verão.
Despede-se sem prazer, porque ele sabe que será
sempre o rei das festas. E vem o Outono tamborilar
as nossas faces que se enrugam e os cabelos agitados
ao frondoso mar revolto. Depois, é a sina! Ler nas mãos
dos homens e olhar na névoa o burburinho dos dias.
Já cheira a castanha assada e sabe a doce aquela batata
que se assa na lareira da intimidade. As folhas são de uma
policromia variada e atraente. Seduzo-me pelos matizes
em que me encontras: pálpebras desvairadas no cotão
dos abraços, longas pestanas lacrimejantes de tanto sonhar.
Digo adeus à hora em que te vi. É diáfano o Outono do amor!

quarta-feira, outubro 22, 2008

Tudo foi consumido...

O sócio desapareceu para a Polinésia, descapitalizou a empresa e deixou o outro sócio sem meios, o banco não concedeu crédito pois avizinhava-se a crise. Já não havia dinheiro para a lenha que alimentava a caldeira decisiva para a produção. A encomenda era grande e havia que cumpri-la, trabalhadores e patrão deram-lhe dias e noites a fio.
Alimentaram a caldeira com cacifos, estantes, secretárias e até destelharam um barracão, para usar na queima o madeiramento do telhado. Tudo serviu, mas a encomenda esteve pronta na hora, o pagamento foi imediato e por transferência.
No dia seguinte o patrão foi ao banco, encontrou as portas encerradas com um aviso a dizer que naquele dia não era possível efectuarem-se levantamentos. A situação não se alterou. O patrão suicidou-se e nem padre levou.
Os trabalhadores em manif. à porta do banco, levaram uma carga de porrada. Tudo se consumiu!

(...)

Festa do Avante! foi considerada ilegal.
Tudo foi previsto, calculado ao milimetro quando o PS avançou com a lei do financiamento dos Partidos - o objectivo principal era atacar o Partido Comunista e não a procura de transparência de processos. Goste-se ou não, o financiamento resultante de uma Festa como a do Avante, é o resultado final do trabalho dos militantes e simpatizantes daquele Partido.
.
O caso está no Tribunal Constitucional, mas foi a iniciativa fascizante, bufa e invejosa do Partido Socialista que o gerou.

terça-feira, outubro 21, 2008

Em nome da verdade

Via O País do Burro:

"Deficientes voltam a ter mais benefícios fiscais em 2009" – Agência Financeira.
"Governo reduz impostos para os contribuintes com deficiência em 2009" – Público
“Deficientes têm redução no IRS” – Diário Económico
“Orçamento para tentar atenuar efeitos da crise” – TVI

Os títulos são estes, mas a verdade é muito diferente. É preciso divulgar junto da opinião pública o que realmente se passa com os impostos dos trabalhadores portadores de deficiência que, para além da parte do salário real que é levada pela inflação, ainda têm que enfrentar um agravamento fiscal, introduzido em 2007 pelo Governo Sócrates, em nome de uma justiça social que afastou a sociedade das suas responsabilidades de inclusão destes cidadãos.

Imagine se os seus impostos tivessem aumentado assim. E imagine que o que lia nos jornais, o que ouvia nas rádios e o que via nas televisões era o oposto da realidade que estava a viver. Para além de sentir na pele a injustiça de uma medida que limita decisivamente o seu direito à inclusão social, ainda se sentiria usado como propaganda numa campanha em que se diz que os seus direitos foram reforçados.

Os trabalhadores portadores de deficiência não têm assessores de imprensa para fazer títulos de jornal. Por isso contam com a colaboração de todos nós para a divulgação de uma verdade que não consta das notas de imprensa distribuídas pelo Governo, que os média se limitam a republicar: a tributação dos cidadãos portadores de deficiência aumentou em 2007, aumentou novamente em 2008 e ainda vai aumentar mais em 2010. O que o Governo fez foi apenas dar uma trégua de um ano nesse agravamento fiscal e adiá-lo de 2009, ano de eleições, para 2010.

Abaixo da animação seguinte, da responsabiliade do Movimento de Trabalhadores Portadores de Deficiência, disponibiliza-se o código html para todos os bloggers que queiram colaborar na divulgação da mensagem nela contida. O apelo de divulgação estende-se a todos aqueles que, não tendo um blog, podem repassar esta mensagem por mail a todos os seus contactos.

segunda-feira, outubro 20, 2008

Não estamos no fim do liberalismo...

Sem a ousadia de pretender superar os Conselheiros dos principais eleitos deste país, que em azáfama ideológica quase todos os dias escrevem e falam, em quase todos os orgãos de comunicação social seus serviçais.
Sou eu que afirmo, que a actual crise não trará o fim do liberalismo.
.
A ocidente pela busca de menos custos na produção, nomeadamente com a mão de obra, facilitaram e até impuseram a transposição do mesmo modelo de desenvolvimento em vastas regiões a oriente, atiçaram a exploração até à escravatura, deslocalizaram empresas e amplos sectores produtivos, esgrimindo na poltica apenas em retórica da trêta a questão dos direitos humanos. Só que naquelas bandas os parâmetros de vida também se vão alterando, logo legitima e inevitávelmente a riqueza criada gerou uma distribuição diferente da do tempo dos impérios coloniais. A regionalização no processo de globalização é hoje uma evidência vincada por poderosas economias, onde antes imperava o colonialismo e o neo-colonialismo.


Podendo-se assim concluir que os hidrocarbonetos e outras matérias primas estão em outros continentes, e a produção está no Oriente.
.
Inverter este cenário a Ocidente, não se verificando alterações profundas ao modelo de desenvolvimento que impera, significará por cá continuar a desregulamentação laboral, a redução dos sistemas de protecção social, o aumento do tempo de trabalho e a diminuição dos salários, único caminho que garantirá a a almejada competitividade que o capital deseja e a desregulação liberalista sustenta.










2,9% DE AUMENTO

É quanto os trabalhadores da Função Pública irão receber, o que significa que ainda não é desta que mais de metade conseguirá mensalmente levar para casa mais de 500 euros.
Para estes previligiados, tendo em conta a actual bandalheira governativa, resta-lhes cumprir o horário de trabalho, picando sempre o cartão e com imaginação inventar a forma de trabalhar apenas 3 horas por dia.

A Confusão e a Crise Financeira...

Tenho lido jornais e revistas, hoje até o Díário Económico. Vou dando voltas e mais voltas e cada vez percebo menos, mas o mais grave é observar as contradições entre gente que sabe como Cavaco Silva, Teixeira dos Santos, Cravinho, Vital Moreira, Alexandre Relvas, Constâncio, Ferreira Leite e mais uma carrada que nem calculam - as contradições que apresentam são muitas, e o pior é que as incertezas ainda são mais.
.
Já não basta de ter de conviver com a verborreia em vulgarização, como a "falência de Wall Street, o Plano Paulson, os produtos financeiros tóxicos, o Subprime e as bollhas especulativas", como ainda por cima em tamanha obscuridade observar que tanta gente importante, doutores e eleitos, fartam-se de escrever e falar sem transmitirem saber e convicção.
.
Edificaram nas últimas décadas uma "cultura" pelo consumo com todos os meios de informação e propaganda que possuem, até usaram os sistemas de ensino. O Deus Mercado passou a ter ao seu serviço a obcessão consumista, mas no percurso mutilaram a actividade produtiva e esbandalharam recursos, enquanto os governantes eleitos da banda ocidental, sempre serviçais foram concedendo meios aos poderosos do capital financeiro, perdendo sucessivamente controlo politico sobre as Instituições capazes de regular alguma coisa.
.
Nestes tempos que correm, quando observo os governantes desta Europa e dos STATES, ou por cá os do PS , PSD e CDS , por tique que já tenho, protejo a carteira e só penso em vigaristas.

Olha-me esta?!

Já tentaram aceder ao site do PCTP/MRPP?
Experimentem fazer uma busca no Google e reparem na mensagem que aparece:

"Aviso- se visitar este Web site poderá danificar o computador!"




Será isto mão de quem?

domingo, outubro 19, 2008

Nos Açores

Confirma-se a maioria absoluta do PS, pelo facto o 1º Ministro acabou de saudar Carlos César, referindo que com esta vitória se abre um ciclo de actos eleitorais.
Aqui está uma situação em que estou de acordo com Sócrates, tudo irá correr bem ao PS - um Orçamento caridoso para 2009, muitos milhões para os mais poderosos, garantida que está a miséria para a maioria, que nestas coisas sempre foi boa conselheira.

(...)

XVIII Congresso do
Partido Comunista Português
Ando a ler as Teses (Projecto de Resolução Politica)
Documento proposto pelo Comité Central para
debate em todas as organizações do Partido.
Trata-se de um documento importante,
tendo em conta a actual situação em que
se encontra o País e o Mundo.

Esta é Boa...

Agora que por essa Europa fora a União já forneceu aos Bancos quase 2000 milhões de euros, aparece o Srº Cravinho que já foi ministro, a apelar "ao bom senso" no sentido de se reverem os grandes projectos de obras públicas.
.
Quer isto dizer, que os Banqueiros com a tramoia que armaram, não só geraram a "inevitabilidade"de terem o direito de mamar em todas as têtas, como até de ficarem donos da vaca.
É triste e preocupante observar gente destacada na politica, eleitos, adoptarem posturas tão subservientes, bajulentas perante os poderosos do capital - são exactamente parecidos com aqueles bufos e engraxadores, sempre dispostos a lamber os ... ao patrão.

sábado, outubro 18, 2008

Onde está o Dinheiro?...

Se somarmos os lucros dos Bancos da Europa e da América nos últimos cinco anos, por certo que nos interrogamos sobre como é que desapareceu tanto dinheiro em tão poucos dias.

Um Orçamento Caridoso

Sócrates em Campanha Eleitoral que ao que consta para ele "já são favas contadas" e para alguns seus militantes, gente desgraçada "isto está no papo..." apresentou um orçamento caridoso, naquele seu estilo angélico com que disfarça o autoritarismo e a sua bajulíce aos detentores do grande capital, logo ajudado por rádios, televisões e jornais. Anunciou 100 milhões para creches, lares e ATLs.
.
Ao espremer o anunciado, descobri que se trata apenas de um acréscimo de 10% em relação ao ano que decorre, passando assim a 1100 milhões o valor que as organizações controladas pela Stª Madre Igreja, irão receber para a prestação de serviços que caberiam ao Estado.
.
Por falta de alternativas imediatas, e se as houver serão estranguladas, do mal o menos - é que para os banqueiros já foram 20 mil milhões.

Um Vereador do PS disse que a Distrital...

deliberou "carta branca" aos militantes do Concelho da Moita relativamente ás próximas eleições autárquicas, nomeadamente ao seu envolvimento, ou não, com um movimento cívico de cidadãs e cidadãos que pretende concorrer eleitoralmente em listas independentes.
.
Não me perguntem pelo nome, pois aquela hora da noite pode permitir maldicências, cuja baixeza não pretendo engordar.

sexta-feira, outubro 17, 2008

Divulgação RL Produções

Divulgação de e-mail chegado via Mule Express:

Boa noite,
vem a RL Produções por este meio pedir-vos a divulgação do evento/concerto no cartaz abaixo:

Bruto and The Cannibals + Magnetic Roll' Bar

Agradecidos pela colaboração.
RL Produções

Barreiro Rocks 2008 já tem cardápio

A saber, o Barreiro Rocks 2008, que se efectuará no Grupo Desportivo dos Ferroviarios do Barreiro nos dias 14 e 15 de Novembro, conta com as seguintes bandas:

Dia 14 (sexta-feira):

FESTA!!! AFTER PARTY!!!

Dia 15 (sábado):

FESTA!!! AFTER PARTY!!!

quinta-feira, outubro 16, 2008

PDM

O Movimento Cívico da Várzea reuniu com Governadora Cívil
Procedimento normal no quadro de uma luta persistente que aquele Movimento tem vindo a desenvolver, como normal foi o compromisso da Srª Governadora Cívil, o de informar o Governo sobre o PDM do Concelho da Moita.
.
O que já é anormal, são os Partidos da oposição com assento na Assembleia Municipal, nomeadamente o PS e o PSD, não terem adoptado qualquer procedimento para além das contestações em Assembleias, Sessões Públicas e Jornais, quando na argumentação usada e nas denúncias efectuadas com frequência alegam a existência de ilegalidades. Recordo até que na Conferência de Imprensa realizada no dia após o abandono dos trabalhos da Assembleia Municipal, foi transmitido com convicção a existência de ilegalidades não só em relação ao PDM, como à própria Assembleia, havendo neste caso factos que determinariam a sua impugnação. Para esta ideia confluíram as opiniões de duas advogadas lá presentes, respectivamente do PS e PSD, membros da Assembleia Municipal. Até agora nenhum procedimento concreto foi adoptado, concluindo-se deste modo que a determinação exposta naquela Conferência, não passou de desabafos, que embora legítimos não produziram qualquer efeito.
.
Considero assim que a oposição no Concelho da Moita é incapaz de na sua prática politica ultrapassar a mera denúncia, facto inexplicável, a não ser que esteja enferma de endémica mantaníce. Denunciar é mais fácil que a análise profunda dos problemas com o consequente recurso a instrumentos e Instituições , pois isto obrigaria a muitas voltas e muito trabalho.
Sinceramente lamento que assim seja - desta forma a oposição também não contribui para a autonomia da Assembleia Municipal, preferindo que orgãos não eleitos e exteriores à autarquia influam na decisão, ou por último enveredar pela pedinchíce para que seja o Governo a decidir.
O Movimento da Várzea que tomou em suas mãos uma louvável iniciativa, é uma coisa, os membros das autarquias são outra coisa, foram eleitos pela população. Por isto mesmo enquanto eleitos, apoiar aquele Movimento não se reduz a uma prática de apenas acréscimo de denúncias.

terça-feira, outubro 14, 2008

Ontem nos "P'rós e Contras"

Ajuntaram 4 banqueiros (ou gestores). Quatro Eminências do dinheiro todos felizes e confiantes , e o que eles gostam do Estado? de tal forma que até aceitam nacionalizações. Estavam tão felizes, tão felizes que até fizeram campanha eleitoral pelo Obama, só o não fizeram pelo Sócrates porque por cá ainda é um bocadinho cedo demais.
.
Os jornais hoje fizeram côro das medidas governamentais para compensar os mais pobres do efeito da crise - mas porque será que não aparece orientações que levem à melhoria dos salários, reformas e pensões? quando é por aqui que se garante a autonomia e a dignidade das pessoas e das famílias.
.
Acreditem que já tenho saudades de ouvir o Srº Mário Soares sobre estas coisas...

segunda-feira, outubro 13, 2008

Não sei se é verdade...

Mas consta por aí que uma aprazada reunião para a Unidade Democrática no Concelho da Moita, frente que se propõe concorrer nas próximas eleições autáquicas, convocada por cidadãos independentes, não chegou a realizar-se por falta de comparência dos representantes dos Partidos da Oposição com assento na A.Municipal.
.
Gostava de perceber isto .

Desapareceu...

- Porque será que já ninguém escreve ou fala sobre o Pacto de Estabilidade?

domingo, outubro 12, 2008

Contrato/Casamento entre pessoas do mesmo sexo

Só o oportunismo politico do PS explica o que aconteceu na A. da República, pois não acredito que a maioria dos deputados defendam a ideia de que só é homosexual quem quer.
Mas mesmo que assim fosse, não deixa de estar em causa a liberdade individual .

Os Pobres que Paguem a Crise

€ 20 mil milhões
já garantidos pelo Srº Ministro das Finanças
.
sendo que ainda ninguém está em condições de dizer se chega, tal não foi a tramoia que os poderosos deste mundo arranjaram. Percebe-se desde já não existir disponibilidade para opções politicas que invertam o tradicional sistema de acumulação de riqueza.
Tudo será ajeitado em favor dos mais poderosos, pois neste caso cientes de que a maioria dos politicos eleitos por esta europa fora, são seus fieis representantes de classe, até aceitam nacionalizações, posto que nesta conjuntura politica não só não perdem o controlo, como no fim do ciclo e como sempre aconteceu, ficarão mais ricos.
.
Apesar disto, estou perplexo por conversas que ouvi hoje de militantes do PS, alguns tão enrascados como eu na vida, defendendo o Sócrates e o seu Governo com determinação, não conseguindo até disfarçar alegria p'lo que está a acontecer. P'ra eles, isto assim está no papo.
.
É UMA NOJENTA FORMA DE ESTAR NA POLITICA.

A história foi a que foi...

A propósito das movimentações para a comemoração do 1ºCentenário da República, existindo para o efeito um Concelho Consultivo ainda recentemente anunciado pelo ministro da Presidência, logo ainda sem objectivos esboçados com detalhe - já não são poucos os que por alvitres têm vindo a contestar o que dizem ser o carácter ideológico das referidas comemorações.
.
Sem ter a ousadia de desafiar tantos doutores, pelo menos tenho vindo a registar os seus disparates. Reparem que até com a toponímia embirram, alegando " que um estrangeiro ao chegar a Lisboa pensa que o Almirante Reis e o Miguel Bombarda são os dois maiores herois nacionais", esquecendo as milhares de fotos tiradas por estrangeiros na Praça do Comércio à estátua de D. José, que de heroi e bom português não teve nada, sendo apenas um Rei devasso e irresponsável que assinava sem ler, tudo o que Pina Manique lhe punha na frente.
.
Existem mais disparates, mas porque as comemorações ainda nem sequer começaram, irei publicando-os aqui a conta gotas.

sexta-feira, outubro 10, 2008

Barra Cheia recolhe assinaturas

à revelia de D. Policarpo, andam a recolher assinaturas com o objectivo de conseguir do Vaticano a beatificação do já popular "Stº" Fernando e a inscrever como local de peregrinação mariana a Igreja e respectivo Largo, para que aí se opere o milagre de aparecer um belo Jardim Suspenso a garantir o estacionamento por baixo.

A disciplina de voto


Hoje o PS vai impor disciplina de voto sobre os projectos lei apresentados pelo Bloco de Esquerda e Verdes. Até quando será plausível esta discriminação para parceir@s do mesmo sexo?

Entenda-se que... "Goes against nature, it's part of nature too", ir contra a natureza é parte da natureza também. Não entendo o receio do PS contra estes casamentos, só se já estão com medo dos divórcios que podem vir a sobrecarregar mais os tribunais.

Associações convocam jornada de acção para 12 de Outubro

Via Solidariedade Imigrante:



JORNADA DE ACÇÃO

Pela regularização dos(as) indocumentados(as),

contra a onda xenófoba e contra o Pacto Sarkozy

Associações convocam jornada de acção para

domingo, 12 de Outubro, às 15h, no Martim Moniz


Nos dias 15 e 16 de Outubro, o Conselho Europeu reunirá os chefes de Estado e de governo dos 27 para ratificar o "PACTO EUROPEU sobre IMIGRAÇÃO e ASILO", aprovado no conselho de ministros realizado a 25 de Setembro. O Pacto proposto por Nicolas Sarkozy, no contexto da presidência francesa da União Europeia, visa definir as linhas gerais da UE nesta matéria e assenta em cinco pontos fundamentais: organizar a imigração legal, priorizando a adopção do "cartão azul", para recrutamento de mão-de-obra qualificada; facilitar os mecanismos e procedimentos de expulsão e estabelecer nesse sentido parcerias com países terceiros e de trânsito; concretizar uma política europeia de asilo; reforçar o controlo das fronteiras; proibir os processos de regularização colectiva.

Depois da aprovação da Directiva de Retorno, com o voto favorável do Governo português, estas medidas representam mais uma vergonha para a Europa. O tratamento securitário das migrações, a definição de critérios discriminatórios para acesso ao trabalho, o aprofundamento da criminalização da migração, da militarização e externalização das fronteiras através do FRONTEX e a perseguição dos(as) cerca de 8 milhões de indocumentados(as) que vivem e trabalham na Europa - a quem é oferecida a expulsão como única saída -, são medidas que visam consolidar uma Europa Fortaleza, da qual não podemos senão nos envergonhar.

Em Portugal, a recente onda de mediatização da criminalidade e as recentes declarações de responsáveis governamentais que trataram os(as) imigrantes como bodes expiatórios para o aumento da criminalidade, abrem espaço para as pressões xenófobas e racistas, e criam um ambiente propício para a desresponsabilização do Governo. Em causa está a necessidade de regularização de dezenas de milhares de imigrantes que defrontam sérias dificuldades em regularizar a sua situação.

São homens e mulheres que procuraram fugir à miséria, fome, insegurança, obrigados a abandonar os seus países como consequência do aquecimento global e outras mudanças climáticas, ou que muito simplesmente tentaram mudar de vida, mas a quem não foi reconhecido o direito a procurar melhores condições de vida. Tratam-se de pessoas que não encontraram outra opção senão o recurso à clandestinidade, muitas vezes vítimas de redes sem escrúpulos, e que se confrontam com uma lei que diz cinicamente que "cada caso é uma caso", fazendo da regra a excepção e recusando à generalidade dos(as) imigrantes o reconhecimento da sua dignidade humana. Destaque-se a situação dos imigrantes sem visto de entrada, a quem a lei recusa qualquer oportunidade de legalização.

Solidários(as) com a luta que se desenvolve na Europa e no mundo contra as politicas racistas e xenófobas, também por cá vamos lutar pela regularização de todos imigrantes, sem excepção, cada homem/mulher - um documento. É uma luta emergente contra as pretensões de expulsão dos(as) imigrantes, contra a vergonha de uma Itália que estabelece testes ADN como instrumento de perseguição dos ciganos(as), contra as rusgas selectivas, arbitrárias e estigmatizantes, contra a criminalização dos(as) imigrantes, contra a ofensiva das políticas securitárias e racistas, alimentadas pelo tratamento jornalístico distorcido feito por alguns meios de comunicação social. Cientes de que está criado um ambiente de perseguição aos imigrantes na Europa, e rejeitando as pressões racistas e xenófobas dos Governos de Sarkozy e Berlusconi, organizações de imigrantes, de direitos humanos, anti-racistas, culturais, religiosas e sindicatos, decidiram marcar para o próximo dia 12 de Outubro, domingo pelas 15h, no Martim Moniz, uma jornada de acção pela regularização dos indocumentados(as), contra a onda de xenofobia e contra o Pacto Sarkozy.

ORGANIZAÇÕES SIGNATÁRIAS: Acção Humanista Coop. e Des.; ACRP; ADECKO; Ass, Apoio ao Est.. Africano; AIPA – Ass. Imig. nos Açores; APODEC; Ass. Caboverdeanade Lisboa; Ass. Cubanos R.P.; Ass. Lusofonia, Cult. e Cidadania; Ass. Moçambique Sempre; Ass. dos Naturais do Pelundo; Ass. dos Nepaleses; Ass. orginários Togoleses; Ass. R. da Guiné-Conacri; Ass. Olho Vivo; Ass. Recr. Melhoramentos de Talude; Ballet Pungu Andongo; CGTP-Intersindical; Casa do Brasil; Casa Grande do Brasil; Centro P. Arabe-Puular e Cultura Islâmica; Colect. Mumia Abu-Jamal; Comissão de Moradores do Bairro do Fim do Mundo; GAIA - Grupo de Acção e Intervenção Ambiental; Khapaz – Ass. de Jovens Afro-descendentes; Luta social; Núcleo do PT-Lisboa; Obra Católica Portuguesa de Migrações; Sindicatos dos Professores da Grande Lisboa; Solidariedade Imigrante; SOS Racismo; UMAR.

quinta-feira, outubro 09, 2008

"PADRE P'RÁ RUA", com este titulo...

publiquei um post no dia 15 de Setembro, então no recaldo de mais uma barafunda com que o reverendíssimo padre que saíu na rifa a esta paróquia, há alguns anos presenteia as Festas em honra de NªSª da Boa Viagem.
.
Tal post suscitou apenas alguns comentários, pois transformou-se num espaço de discussão entre católicos, cujo conteúdo nada tolerante e até bestial demonstra bem a instabilidade e a estupidez que vigora actualmente na paróquia.
.
Apesar de não ser católico, nem sequer crente, sinto-me no direito de lembrar a alguns que usaram este espaço, que naquele Domingo fui buscar ao lar a minha sogra com 88 anos para casa dos meus pais, assim como uma tia e uma prima pelas mesmas idades, estas em cadeira de rodas, para aí verem passar a procissão. Lembro isto que quase todos os anos se repete, a propósito das escritas dum tal Srº Cabral, que invocando Deus se sente autorizado a tratar todos os que não cabem na sua bitola como uma cambada de canalhas, porventura ao "serviço de Satan ou de tenebrosos Comunistas".
.
Como afirmou que me conhece, apresento-lhe a minha disponibilidade para o atender em qualquer lado, lembrando-o desde já que também sei "dialogar"com canalhas da sua dimensão.
.
Por falta de Catequese, umas latadas vão ajeitá-lo ao olhar de Deus.

quarta-feira, outubro 08, 2008

Estou enrascado...

O computador deu o berro, é já uma velharia e a verba disponível não existe, calculo que só o Magalhães vai ter condições de me ajudar.

Orgia... Paroquial????

Como os animos andam acesos, nada como este tema dos Peste & Sida gravado no In Live Caffé para acalmar as hostes.


video

terça-feira, outubro 07, 2008

Em tempo de crise...

...a malta tenta sempre encontrar umas boas promoções para poupar uns trocos.
Esta promoção do AKI é das mais gritantes, conseguimos poupar 0,05€.

promoção AKI

domingo, outubro 05, 2008

Os Pobres que Paguem a Crise

Os ministros das finanças dos países da U.Europeia, vão reunir no decorrer desta semana com o objectivo de encontrar a melhor forma de em cada país, o Estado ajudar quem "não gosta do Estado".
.
Para manter a secular inevitabilidade regimental de ter de haver ricos e pobres, os ministros vão mais uma vez decidir colocar os pobres a pagarem a crise, ou seja, a terem de garantir o bem estar dos ricos. As reviravoltas já são tantas, que por cá já consta que a UGT vai mobilizar os trabalhadores para uma manif. a exigir a nacionalização dos Bancos.

sábado, outubro 04, 2008

sexta-feira, outubro 03, 2008

O MEDO...

Andava em namorisco com uma amiga da minha idade. Novozitos ainda na era do pintêlho, quando naquele dia desloquei-me de bicicleta à terreola onde ela morava, agora Freguesia cá do Concelho. Era um encontro simples, em que um rapaz apenas conversava com uma rapariga, pois o pai se visse ou soubesse, era capaz de esmurrar os dois e forçar casamento. Coisas daquele tempo em que muitos ainda nem usavam pasta de dentes. Mas tive o azar de naquele dia o Marcelo Caetano voltar da viagem de Inglaterra, onde então os portugueses emigrados por lá repudiaram o regime que por cá vigorava.
As ruas da terreola estavam cheias de autocarros fretados pelo Municipio do Vitor de Sousa, coordenados pelos papás de alguns que hoje estão na Assembleia Muinicipal, perguntei-lhe sobre aquilo ao vê-la tão bem vestida como nos bailes: - vou a Lisboa nesta excursão, acho isto uma parvoíce mas o meu pai por medo de qualquer coisa, quer que a familia vá toda.
.
Isto a propósito das últimas sondagens, que na actual Ditadura indica a ascendência do Pêyesse, ou seja dos mesmos que me estão a lixar a vida, facto que sendo dificil de digerir se percebe pelo medo, não vá isto ainda ficar pior, mas também pelo orgulho próprio dos pobres - pois não é sempre que os ricos pedem-lhes favores, ainda por cima banqueiros.

quinta-feira, outubro 02, 2008

O Lobo que veste pele de cordeiro

Como é possível que isto aconteça? Falamos do Isaltino Morais, da Fátima Felgueiras, do Valentim Loureiro e aqui mais próximo em Setúbal, do Carlos Sousa (que acabou por levar os patins) e afinal por cá a justiça também tem filhos e enteados. A perda de mandato na altura deveria ter sido aplicada, mas de momento e com mais estas irregularidades a "choça" está à espreita. A ver vamos se continua a haver padrinhos em todas estas investigações.

Via O RIO:

«o presidente da Câmara da Moita inspira muito pouca credibilidade para levar a cabo um processo de revisão destes. E contou que, “já em 2000, quando João Lobo era vereador do urbanismo, houve uma inspecção dirigida pelo IGAT, pela participação de alguns munícipes que alegavam ter havido violação do PDM existente. Esta inspecção apontou a violação de algumas regras do PDM, reconhecida pelo próprio vereador, o que dava azo a perda de mandato»

Como é possível que este senhor continue à frente deste Concelho? Será que o PCP só se assustou com Carlos Sousa!?!?

A tortura não é arte nem cultura


"Entre a brutalidade para com o animal e a crueldade para com o homem, há uma só diferença: a vítima." - Lamartine

Petição pelo Agrupamento 76 Moita

CNE 76 MOITAApelo chegado à nossa "Mule Express" que passo a divulgar. Não me pronuncio sobre a matéria, pois a minha CRUZ é outra.
O "John" lá tem os seus motivos e o CNE 76 Moita lá terá os seus. No entanto não deixo de divulgar este apelo tal como divulgarei do "Padre John" se ele assim o entender. De uma coisa tenho a certeza, se querem andar na igreja, aturem os caprichos por ela exigidos. Coisa que não é para mim, não senhor!!
AMEN!


Caros escuteiros, pais e amigos.

Venho junto de vós, informá-los e pedir-vos, para assinarem a petição que os dirigentes e os caminheiros em insígnia de ligação, colocaram na Internet, em defesa da continuidade do nosso Agrupamento.

A divulgação da petição é essencial, para que possamos recolher o maior número de assinaturas possível. É isso, que espero que façam junto dos vossos familiares e amigos.

Para assinar basta clicar no link abaixo

http://www.ipetitions.com/petition/Agrupamento_76_Moita/index.html

A petição só terá força, se formos muitos.

Os meus cumprimentos

Carlos Ferreira

quarta-feira, outubro 01, 2008

1 DE OUTUBRO - DIA NACIONAL DE LUTA



A CGTP-IN marcou para dia 1 de Outubro, dia em que esta central comemora 38 anos de existência, um Dia Nacional de Luta por Melhores Salários; Emprego sem precariedade e Contra esta revisão da legislação laboral, com a realização de greves, paralisações, grande plenário geral, concentrações e deslocações em todo o país.

Esta acção tem como objectivos centrais a continuação da luta contra a revisão gravosa do Código do Trabalho, associada ao envolvimento dos trabalhadores na discussão e aprovação das reivindicações que tenham como eixos centrais o documento sobre Política Reivindicativa da CGTP-IN para 2009 e as propostas específicas no plano sectorial e de empresa.